O LIVRO DA VIDA – Juízo Final

0
1173
Ora, quando o Filho do homem vier
em sua majestade, acompanhado de todos os anjos, se assentará no trono da sua
glória; e todas as nações estando reunidas diante dele, separará uns dos
outros, como um pastor separa as ovelhas dos bodes, e colocará as ovelhas à sua
direita, e os bodes à sua esquerda.
Então o rei dera àqueles que
estarão à sua direita: Vinde, vos que fostes benditos por meu Pai, possui o
reino que vos foi preparado desde o início do mundo; porque eu tive fome e
destes de comer, tive sede  e me destes
de beber; tive necessidade de alojamento e me alojastes; estive nu e me
vestistes; estive doente e na prisão e me visitastes.
Então os justos responderão:
Senhor, quando foi que fizemos tudo isto por Vós? E o rei lhes responderá: Eu
vos digo em verdade, quantas vezes o fizestes com relação a um destes mais
pequenos de meus irmãos, foi a mim que o fizeste.
E dirá, em seguida, àqueles que
estarão a sua esquerda: Retirai-vos de mim, malditos, ide para o fogo eterno,
que foi preparado para o diabo e para seus anjos; porque tive fome e não me
destes de comer; tive sede e não me destes de beber; tive necessidade de teto e
não me alojastes; estive nu e não me vestistes; estive doente e na prisão e não
me visitastes.
Então eles lhes responderão também:
Senhor, quando foi que Vos vimos com fome, com sede, ou sem roupa, ou doente,
ou na prisão, e deixamos de Vos assistir? Mas Ele lhes responderá: Eu vos digo
em verdade, todas as vezes que deixastes de dar essas proteções a um desses
mais pequenos, deixastes de dá-las a mim mesmo.
E então estes irão para o suplicio
eterno, e os justos para a vida eterna. (S. Mateus, 25-31 a 46)
Porquanto, todas as nossas ações,
sejam no bem ou no mal estarão registradas no Livro da Vida. Quando do juízo final
seremos encaminhados para o suplicio ou para a vida eterna.
O suplicio não será eterno, pois
o Pai continuará dando-nos oportunidades para o arrependimento e a reparação de
nossas faltas. A vida eterna, mundos felizes, alcançaremos com a sublimação do
nosso espírito; quando não haverá mais necessidade de encarnação.
– A bagagem que levaremos quando
da nossa partida para o mundo espiritual será este Livro da Vida com o registro
das obras praticadas!
Baseado no ESE, cap. XV
Lenildo Solano

16/12/2013

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui