AMOROSIDADE

0
1801
AMOROSIDADE
O
cãozinho Bidu
Como
se fosse dono do pedaço
Novo
morador da casa verde
Apronta
de montão.
Rasga
sacolas de lixo
Rouba
comida
dos
outros cachorros
até
do temido Barão.
Como
apronta demais
Foi
preso em corrente
Ai
então gritou, gritou
Que
a cachorra Lise incomodou.
Em
amorosidade foi lamber-lhe
Carinhosamente
veio agradar
Aproveitando
o belo quadro dei ração
Como
merecida premiação.

O amor move até os irracionais!
Lenildo
Solano
20/01/2016

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui