RIQUEZA E POBREZA

0
1623
Para nós pais não há filho melhor
que o outro.
Queremos, investimos, torcemos
pelo sucesso de todos, indistintamente.
Da mesma forma é o nosso Pai Todo
Poderoso que aguarda a superação, a renovação, a vitória de cada filho.
A riqueza que todos buscam. Cada um
possui a seu turno: quem não tem hoje, já teve ou terá amanhã.
A riqueza é uma concessão divina,
da qual prestaremos conta e serve para darmos prova
da caridade e da abnegação assim
como a pobreza é para pormos em prova a paciência e a resignação.
Lembremos de que somos donos,
proprietários apenas daquilo que podemos levar deste mundo: a inteligência, os
conhecimentos, as qualidades morais, os bens feitos em benefícios dos outros.
Portanto, se temos riqueza
convertemo-la em bens ao próximo, assistência, trabalho, progresso. Se não a
temos não invejemos quem tem, contentemos e continuemos
estudando e trabalhando, habilitando-nos
para sabermos empregá-la quando for a nossa vez.
– Os bens terrenos pertencem a
Deus, que os dispensa a sua vontade. Somos usufrutuários e não proprietários!
Lenildo Solano

24/10/2013

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui