PRETO NO BRANCO

0
1331
Não quero falar
das misturas
do leite e café
do piche e cal
nem do casal
que deu belo show
dançando o carnaval
Preto no branco
meu caro jovem e irmão
é escrever no papel
o que outrora se acertava
em simples aperto de mãos
Mas,
com a esperteza
que muitos se acham ter
que na realidade
é puro oportunismo
mau-caratismo, desonestidade
Até o caboclo
que mora longe da cidade
de tanto ser lesado
hoje acerta seu negócio
no cartório ou no banco
Deixando como ele mesmo diz:
Moço, tudo agora é
preto no branco
registrado no papé
Apanhemo mas aprendemo!
Lenildo Solano

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui