PERDÃO: Explicando o inexplicável

0
771
PERDÃO:
Explicando o inexplicável
Às
vezes pergunto se é justo
filhos
sofrerem por vingança a seus pais
Encuco
ainda mais
recorro
à oração
quando
o quadro é grave
uma
forte obsessão.
Crianças
inocentes
padecendo
horrores
Pura
falta de amor
caríssimos
obsessores!
Somente
a fé em Deus
em
sua legitima justiça
encontramos
conforto
pra
casos que nada justifica.
São
dividas de outrora
contas
não resolvidas
Querendo
fazer justiça
perseguição
por muitas vidas.
Não
deixemos para o amanhã
tudo
o que se pode e se deve perdoar
O
amanhã pode ser tarde, não chegar
todo
nó aqui temos que desatar.
O
mestre Jesus já dizia:
Perdoar
não sete vezes
mas
setenta vezes sete vezes
cada
ofensa sem revezes!
Lenildo
Solano
15/04/2015

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui