O MAGO E SEU AMIGO

0
967
O mago encontrou o seu amigo que há
tempo não via. Abraçaram-se e o mago põe-se a contar:
Eu havia, verdadeiramente, adormecido,
tudo pra mim tinha perdido o sentido.
Ouvia-se uma música eu não me
comovia; passeava e não me achava, nada contemplava.
Apertava-me, beliscava e não
sentia dor, aproximava do fogo e não sentia calor.
Brincava, dançava e não via
alegria; uma sorrateira agonia.
Sorria pra não chorar, enfim
acordei, resolvi totalmente mudar.
Viverei, viverei, dando novo
sentido a vida, magias nunca mais.
Satisfarei o meu ego em um mundo
melhor, ênfase maior a vida espiritual, com força, coragem e ação, superar a
mente, emoção com luz no coração.
– Tudo é passageiro menos meu
futuro; amor triunfo verdadeiro.
O amigo após ouvi-lo atenciosamente,
disse: Eu também mudei muito, converti e sou um fiel seguidor de Jesus.
 Muita paz e muita luz!
Lenildo Solano

28/10/2013

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui