ESPANTANDO ASSOMBRAÇÃO

0
917
                                                             

Havia lá pelas caatingas um homem que pisava
leve, não dormia em quarto escuro nem visitava cemitérios e lugares com grande
multidão. Tinha medo horrível de assombração.
Para espantá-la lia o evangelho, fazia
oração, salmos, acendia vela e defumador, limpava a casa com creolina e tomava
banho de ervas como proteção.  A sua
preocupação era tanta que não parava no emprego movido por superstição.
Aconteceu que por coincidência ou não, a sua
filha casou com José Cadavérico de Assombração e são vizinhos no mesmo
quarteirão.
Para
reflexão
:
Nós também somos espíritos porem encarnados. Espantamos maus espíritos com
oração, pensamentos positivos e pela prática do bem!

                             Lenildo Solano

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui