PORTAS DA VIDA

0
840
Duas palavras chamam-nos a
atenção quando fazemos leituras evangélicas, esforços e iniquidade  A primeira
vista pergunta-se que relação existe entre elas? Nenhuma, resposta simples,
imediata.
No capitulo: Muitos Os Chamados E
Poucos Os Escolhidos, chamam-nos a atenção quanto às portas da perdição e da
salvação.
Sabemos que estamos em um mundo
de provas e de expiações, onde o mal ainda predomina.
Perguntaram ao Senhor, haverá os
que se salvam? Ele lhes respondeu: “Fazei esforços para entrar pela porta
estreita, porque eu vos asseguro que vários procurarão por ela entrar e não o
poderão.”
A porta da perdição é larga e o
caminho que a ela conduze espaçoso, e há muitos que por ela entram. Não controlam
suas más paixões, violam os mandamentos divinos, ouviram as palavras e não
deram valor e obediência.
E quando estes baterem a porta
para entrarem, ouvirão do Senhor: “Eu não sei de onde sois, retirai-vos de mim
todos vós que cometeis a iniquidade.”
Vemos que o Pai é todo bondade e
todo justiça.
O único caminho que nos está
aberto para encontrar graça diante Dele é a prática sincera da lei de amor e de
caridade.
Advertências que nos arrepiam e
nos fortalecem para estarmos atentos, em vigilância e oração, para não cairmos
em tentação.
– Senhor, ajude-nos nesta
caminhada para adquirirmos a pureza de coração!
Lenildo Solano
27/10/2013

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui