Como Ser Paciente

0
1600
                                                                           

Nunca foi fácil ser paciente, mas provavelmente é mais difícil hoje em
dia do que em qualquer outra época na história. Em um mundo em que mensagens
podem ser enviadas pelo mundo todo instantaneamente e quase tudo está
disponível para a compra com apenas alguns cliques do mouse, é difícil não
querer ficar imediatamente satisfeito ao fazer algo. Porém, a paciência
continua sendo uma ferramenta importante de nossas vidas. Nem sempre temos
satisfação instantânea, e algumas das melhores coisas da vida requerem anos de
trabalho duro e espera. Felizmente, a paciência é uma virtude que pode ser
cultivada e aprendida. Você irá se surpreender em como o relaxamento e a paz de
espírito podem melhorar drasticamente a sua qualidade de vida.
Método 1 de 5: Descubra o que o torna impaciente
1-Tente descobrir porque você está tão apressado. Geralmente,
perdemos a paciência quando estamos fazendo mais de uma coisa ao mesmo tempo ou
quando estamos sob pressão – muitas coisas a serem feitas em pouco tempo. Para
você, a vida parece passar em apenas alguns poucos minutos de correria intensa.
Se você está com mais afazeres do que tempo para executá-los,
reconsidere a sua lista de tarefas antes de tentar mudar a sua reação natural
para uma situação difícil.
Tente organizar as suas tarefas de uma maneira em que você esteja
fazendo somente uma coisa de cada vez. Delegue responsabilidades para outras
pessoas se for possível; talvez isso acabe se tornando um teste para a sua
paciência, mas você precisa aprender a dividir o fardo. c
2-Identifique as situações que normalmente lhe
fazem perder a paciência. A impaciência vai crescendo silenciosamente, e
se você se sente ansioso, preocupado ou infeliz, você pode nem mesmo perceber
que a causa desses sentimentos é a impaciência. Uma boa forma de reduzir a
frequência da impaciência é estar ciente dela.
3-Quais eventos, pessoas, frases ou
circunstâncias fazem você ficar nervoso?Sente-se e faça uma lista das coisas
que lhe fazem sentir ansiedade, tensão ou frustração. Por trás da maioria dos
fatores causadores da impaciência está uma verdade que é difícil de aceitar.
Quais são estas verdades para você?
4-Procure padrões. Conhecer a sua
impaciência lhe traz a chance de aprender com ela, podendo até mesmo revelar
que um relacionamento ou situação recorrente não está sendo construtivo ou
saudável para a sua vida. Você poderá também descobrir que tem a capacidade de
mudar isso. Pense e comece a raciocinar sobre aquele problema usando a lógica
para determinar se a sua impaciência é justificada ou não. Na maioria dos
casos, ela não é, mas se for, você poderá começar a considerar algumas medidas
para corrigir o problema pela raiz, ao invés de simplesmente continuar se
estressando com ele.
Método 2 de 5: Faça anotações
1-Mantenha um diário. Durante uma ou duas
semanas, quando você começar a sentir aquela ansiedade e impaciência, anote
qualquer coisa que possa estar relacionada com o problema. Faça anotações
consistentes e constantes, sempre que aquela sensação ocorrer.
Você começará a conhecer melhor os motivos que
levaram a aquilo (e, consequentemente, ficará mais preparado).
Talvez você chegue à conclusão de que a causa da
impaciência não é um determinado conjunto de fatores – mas sim, a própria
impaciência. Tomar concsiência desse fato vai lhe dar um maior controle sobre
esse sentimento negativo quando ele voltar.
Método 3 de 5: Supere a impaciência
1-Supere os ataques de impaciência. A longo
prazo, tornar-se mais paciente requer uma mudança na sua atitude sobre a vida,
mas você pode fazer um progresso imediatamente aprendendo a relaxar quando se
sentir impaciente. Respire fundo e tente “esvaziar” a mente. Concentre-se
apenas na sua respiração e você vai conseguir voltar ao normal.
2-Se algo estiver fora do seu controle, tente
não se importar tanto com isso. É mais fácil falar do que fazer, mas é
possível, e é a única atitude saudável a ser tomada.
A princípio, você provavelmente vai achar
difícil não se importar se o assunto for importante para você (como a espera
pela resposta de uma entrevista de emprego, por exemplo), mas você pode aliviar
a impaciência causada por eventos menos importantes (como esperar na fila do
mercado, por exemplo). Se você fizer um esforço para ser mais paciente em
situações rápidas e relativamente irrelevantes, aos poucos, você desenvolverá a
força para permanecer paciente em situações mais difíceis.
Método 4 de 5: Tenha uma visão mais ampla
1-Lembre-se de que as coisas levam tempo. Pessoas
impacientes são aquelas que insistem em resolver tudo agora e não gostam de
perder tempo. Elas se esquecem de que algumas coisas simplesmente não podem ser
apressadas.
Pense nas suas memórias mais felizes; muito
provavelmente, elas são de momentos em que valeu a pena ser paciente, como
quando você trabalhou duro por um objetivo ou decidiu passar um tempo a mais
com uma pessoa querida. Você teria essas memórias se tivesse sido impaciente?
Provavelmente não.
Quase todas as melhores coisas da vida exigem
tempo e dedicação, e se você é impaciente, é muito mais fácil que você desista
de relacionamentos, objetivos e outras coisas que são importantes para você. As
coisas boas podem não vir sempre para aqueles que esperam, mas a maioria das
coisas que vêm não são imediatas.
2-Lembre-se do que realmente importa. Desviar
a atenção do que realmente importa na vida serve apenas para alimentar a
impaciência. Seja bondoso, generoso, perdoe aos outros,
seja grato por estar vivo e viva o presente; tudo isso importa mais do que
qualquer outra coisa. Quando outros assuntos menos importantes alimentarem a
sua impaciência, lembre-se desses itens para reduzir a sua vontade de querer
algo diferente.
3-Lembre-se de que você eventualmente conseguirá
aquilo que quer. Para aceitar esse fato, é preciso um certo grau de
maturidade e de paciência! Dizem que toda história de sucesso exige esforço e
dedicação, mas a verdade é que, na maioria das vezes, você precisa ser paciente
para conseguir o que deseja.
Para alguns, isso pode ser mais fácil, mas o que
importa é que você saiba como se ocupar – até mesmo nos momentos mais
entediantes.
Lembre-se: a paciência é uma habilidade mental
que você jamais irá esquecer. Cultive-a para a vida inteira. Fuja da impaciência
antes que ela acabe destruindo a sua vida.
4-Olhe para a vida sempre de forma positiva. Ser
positivo sempre é algo essencial para lhe trazer paciência. Lembre-se de que a
vida não é uma corrida, e sim uma jornada que você deve curtir no decorrer do
caminho.
Parte 5 de 5
1-Espere o inesperado. Sim, você tem
planos, mas as coisas nem sempre saem como planejado. Aceite as guinadas da vida
graciosamente. Tenha expectativas realistas. Isso se aplica não somente às
circunstâncias, mas também ao comportamento daqueles ao seu redor.
Se você perceber que está se irritando com o seu
filho ou marido simplesmente por terem derramado um copo por acidente, você
ainda não se tornou capaz de entender que as pessoas não são perfeitas. Mesmo
que a ocasião não seja um incidente isolado, mas algo causado por repetido
descuido e desleixo, perder a paciência não vai resolver nada. Isso é algo que
deve ser resolvido com conversa e autocontrole.
2-Tire folgas. Isso funciona de duas
maneiras:Primeiro, separe alguns minutos para
ficar sem fazer absolutamente nada. Apenas
sente-se quieto e pense. Não assista TV. Não leia. Não faça nada. Pode ser
difícil no início, e você pode até se sentir impaciente depois de um ou dois
minutos, mas ao se dar uma folga, você reduz a velocidade do seu mundo de uma
maneira essencial, e isso é importante para desenvolver a atitude necessária
para a paciência.
Em segundo lugar, pare de tentar conduzir sua
vida e o resto do mundo por padrões inalcançáveis. Claro que todos nós seríamos
mais pacientes se os bebês não chorassem, os pratos não quebrassem, o computador
não travasse e as pessoas não cometessem erros – mas isso nunca vai acontecer.
Não adianta esperar que tudo funcione sem incidentes. Não seja tão duro com
você mesmo!

http://pt.wikihow.com/Ser-Paciente
Criado por Zaira, Isasasiqueira, Rafael Bemerguy, Sabrina L. Furtado e
1 outro

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui